quinta-feira, 14 de julho de 2016

Resenha - Academia de Princesas

Imagem relacionada
Livro: Academia de Princesas
Autora: Shannon Hale
Editora: Galera Record
Páginas: 272
Duração da leitura: 8 horas
Avaliação: 💚💚💚(3/5)

O livro conta a história de Miri, uma garota de 14 anos que mora com seu pai e tudo o quer na vida é trabalhar na pedreira junto com os outros aldeões do Monte Eskel, onde vive. Porém a garota é considerada muito pequena e frágil, por isso o pai não a deixa participar do trabalho.

Quando um grupo de padres determina que a próxima princesa de Danlad surgirá entre os moradores do Monte Eskel, um grupo de meninas é mandado a uma academia de princesas, onde aprenderão a se portar como tal.  A tutora da academia é Olana, que é muito rígida com todas e julga as garotas simplesmente por terem nascido em uma aldeia simples. Na minha visão a mulher é um monstro, as meninas passam por coisas horríveis nas mãos dela.

A Miri tenta fazer amizades com as garotas da academia, mas ela é julgada e além disso as outras só pensam na disputa pelo príncipe com quem uma delas irá casar. Dentre as garotas, a única amizade de Miri é Britta, uma garota misteriosa.

Nas aulas da academia as meninas aprendem a andar como damas, aprendem etiqueta, aprendem sobre Danlad, sobre comércio e governos, aprendem a ler e a escrever. Em Miri surge uma amor pela leitura e então ela começa a ler os livros da tutora no horário de intervalo das meninas. Assim, ela se torna inteligente e uma das melhores alunas da academia, passando a ser mais odiada pelas outras meninas.

E a história tem uma mística muito interessante. Os moradores do Monte, podem se comunicar por canto. Na pedreira, durante o trabalho os aldeões cantam para aliviar o cansaço e Miri descobre que cantar no mesmo ritmo, porém com outras palavras, pode se tornar uma forma de comunicação entre a população. E assim que ela consegue livrar as garotas de alguns perigos.

Na narrativa há também Peder, o melhor amigo de Miri também é essencial na história, mas não dá pra falar muito dele sem contar spoiler.

O livro é bom, mas confesso que já li melhores. Apesar da história der muito bem construída e eu não ter encontrado problemas durante a leitura, alguma coisa não me conquistou. Ainda assim gostei de Miri, uma garota heroína que pensou em sua família antes de si mesma e por eles até se casaria com o príncipe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário