segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Resenha - O Bisturi de Ouro

Livro: O Bisturi de Ouro
Autor: Chaiene Santos
Editora: Novo Século
Duração da leitura: 4 horas
Avaliação: 4/5

O livro conta a história de Eduardo, que apesar de ter tido uma infância pobre, sempre se dedicou aos estudos, seguindo os conselhos de sua mãe que conseguia enxergar o futuro com os olhos da sabedoria. Inicialmente seu pai não lhe dava apoio, mas com o passar do tempo ele entendeu o desejo do filho e percebeu que com toda a dedicação que ele demonstrava, seu filho poderia realizar esse sonho.

No início do livro conhecemos sua família. A mãe de Eduardo é uma mulher batalhadora que sempre fez muito esforço para economizar e poder juntar dinheiro para o curso do filho. Seu pai sempre trabalhou para sustentar sua família e apesar de não proporcionar luxos à esposa e aos filhos, nunca deixou faltar nada em casa. Conhecemos também os dois irmãos mais novos de Eduardo.

Outros personagens nos são apresentados. Helena, vizinha de Eduardo, é uma garota doce e que se torna o grande amor de sua vida. Esta relação, infelizmente é interrompida quando o pai de Helena arranja emprego em outra cidade e ela precisa se mudar. Glauco, um conhecido da escola, inicialmente implica muito com Eduardo pelo fato do mesmo ser de origem humilde e tirar notas melhores. Aos poucos eles vão criando uma amizade, mas, infelizmente a mesma não é verdadeira.

Até aí, a história de Eduardo vai bem, mas o assassinato de sua mãe e roubo das economias da família muda toda a história de sua vida. Agora, ele não teria como continuar com o sonho de cursar medicina e nunca mais veria o rosto de sua doce mãe. Movido por uma força maior, começa a investigar o crime que acontecera em sua casa e ao descobrir respostas, percebe que seu amigo talvez seja seu maior inimigo.

A escrita do autor é bem fluida, leve e fácil de ser compreendida e como o livro é pequeno (apenas 272 páginas) em poucas horas dá pra terminar a leitura. Os dois primeiros capítulos foram os mais difíceis de ler, por assim dizer, devido ao fato de ser capítulo de apresentação e envolver diversos elementos descritivos. A narração é um terceira pessoa. Achei bem escrito e surpreendente, nunca imaginaria o final.

O livro, apesar de ter forte relação com crime, não gira em torno do assunto. É um livro sobre a vida. Fala sobre esforço, conquistas, amor, ódio e perdão. O Bisturi de Ouro é um livro que vale a pena ser lido, de onde podemos tirar lições para nossa vida!

Chaiene Santos: Site - Wattpad -  Skoob - Twitter  - Instagram

Um comentário:

  1. muito bom, fiquei curiosa pra ler o livro, beijos !

    www.diksdareh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir