domingo, 5 de março de 2017

Resenha - Crescendo (Hush Hush)

Livro: Crescendo
Autora: Beca Fitzpatrick
Editora: Intrínseca
Duração da leitura: 4 horas e meia
Avaliação: 💚💚💚💚💚(5/5)

Para ler a resenha do primeiro livro, visite este link.

O primeiro livro termina com Nora e Patch juntos e ele sendo seu anjo da guarda por ter salvado a vida dela. O romance dos dois até então está maravilhoso, eles não se desgrudam e Nora se sente a garota mais feliz do mundo. Até que ela diz “Eu te amo” e ele não responde. Logo ela começa a imaginar que ele não sente o mesmo e após o rapaz criar certa amizade com Marcie Millar, Nora decide que seu relacionamento deve chegar ao fim. Como se apenas isso não bastasse, ela também decide que não quer mais Patch como seu anjo. Em alguns segundo de raiva ela destrói tudo o que tinha com Patch.
"Assim que a porta se fechou, desabei apoiada contra ela. Meus olhos ardiam com as lágrimas, mas não escorreu nem uma gota. Eu estava tomada por tanta frustração e raiva que não era capaz de sentir muito mais, mas suspeitava, e de uma forma que provocou um soluço em minha garganta, que, em cinco minutos, quando tudo tivesse se acalmado e eu percebesse todo o impacto do que eu havia feito, eu sentiria meu coração se partindo."
Ao mesmo tempo Vee, sua melhor amiga, começa a sair com Rixon, melhor amigo de Patch. Nora dá um grande apoio ao relacionamento dos dois, embora em alguns momentos ela sinta ciúmes da relação, já que tudo o que havia com Patch acabou.

E para completar toda a situação Scott, um amigo de infância de Nora, volta à cidade. Ele é um garoto que aparentemente se envolveu com alguns problemas e parece mandar na própria mãe. É um garoto divertido, que toca baixo e esconde alguns segredos importantes.

Com todo este contexto Crescendo se torna um livro interessante, embora comparando este volume e o primeiro, eu prefiro Sussurro. O nome do livro realmente mostra uma fase por qual Nora está passando. Embora ela esteja brigada com Patch e acabe fazendo diversas coisas imaturas com relação a isso, em outros momentos a gente pode ver a garota amadurecendo. Nora passa por uma fase bastante difícil em sua vida, mas com a ajuda de Vee, do próprio Patch e até mesmo de Marcie Millar, ela consegue juntar as peças do quebra-cabeça e entender sua situação. Ela acaba descobrindo mais sobre si mesma, a morte de seu pai, o ódio inexplicado (na verdade explicado) de Marcie por ela e o segredo que sua mãe esconde.
“- Para onde você vai? - Marcie ficou lá dentro. Vou pegar uma carona com ela. Meus pulmões pareceram se paralisar, nenhum ar entrava ou saía. - E eu? Você é meu anjo da guarda. Patch lançou-me um olhar penetrante. - Não sou mais, Anjo."
Gostei da história por apresentar este lado da Nora, que quer crescer e entender as coisas que acontecem/aconteceram em sua vida. Mas por outro lado Nora consegue ser um pouquinho irritante, nas brigas com Patch e nos momentos em que quer causar ciúmes nele. A história perdeu pontos comigo apenas por isso.
"Patch me fuzilou com os olhos. - Você não quer estar aqui. Não com ele. - Não é você quem decide! (...) Antes de sair, Patch lançou um olhar em minha direção. - Ele não vale isso. - E fez uma pausa. - Nem eu."
Continuo dizendo que a capa do livro é linda. Ela segue o mesmo estilo da capa anterior, em preto e branco. Quando li pelo livro não me lembro de ter encontrado erros ortográficos e de digitação. A escrita de Becca Fitzpatrick continua sendo leve e fluida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário